Esqueceu a senha?

Por que o anjo do Senhor tentou matar Balaão?

por Artigo compilado - qui dez 12, 8:39 am

NÚMEROS 22:33 – Por que o anjo do Senhor tentou matar Balaão, já que Deus lhe havia dado permissão para ir às campinas de Moabe?

PROBLEMA: Em Números 22:20 Deus disse a Balaão que fosse com os homens às campinas de Moabe. Entretanto, o versículo 22 diz: “Acendeu-se a ira de Deus, porque ele se foi; e o Anjo do Senhor pôs-se-lhe no caminho por adversário”. Também, no versículo 33, o anjo do Senhor disse: “A jumenta me viu, e já três vezes se desviou de diante de mim, na verdade que eu agora te haveria matado, e a ela deixaria com vida”. Por que o anjo do Senhor quase matou Balaão, quando Deus lhe havia dado permissão para ir com os homens de Moabe?

SOLUÇÃO: O relato das atividades de Balaão demonstra que ele estava dividido entre obedecer o mandamento de Deus e a avareza em seu coração devido às riquezas que Balaque havia prometido. Embora Deus com muita clareza tivesse dito a Balaão para não ir com os homens até Balaque (Nm 22:12), a oferta de riquezas (v. 17) que lhe foi feita tentou-o, e ele foi até Deus uma segunda vez a fim de pedir permissão para ir até Balaque. Foi por causa do mau coração de Balaão, cheio de avareza, que Deus enviou o seu anjo de encontro a ele, como seu adversário. A intenção não era matar Balaão, o que é evidente pelo fato de o anjo do Senhor ter permitido que a jumenta o visse e, desviando-se, evitasse a morte de Balaão. Em vez disso, o propósito do anjo era apresentar-lhe uma vigorosa advertência de que ele deveria falar somente o que o Senhor lhe dissesse.

A avareza de Balaão está claramente demonstrada pelo fato de que, embora ele não fosse amaldiçoar Israel – porque Deus somente permitiria que ele os abençoasse – ele aconselhou Baraque a corromper Israel, permitindo que suas mulheres se casassem com homens israelitas, levando-os à idolatria (2 Pe 2:15; Ap 2:14). A avareza de Balaão tinha encontrado um jeito de ajudar os inimigos de Israel, sem que ele desobedecesse diretamente a ordem dada pelo Senhor de falar somente as palavras que Deus lhe desse (Nm 31:16).

Fonte: Manual Popular de Enigmas e “Contradições” da Bíblia – Norman Geisler e Thomas Howe


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

4 Comentários

Comentários 1 - 4 de 4Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Não me convenceu , pois ele mesmo falo no versículo 18 que não queria  transgredir as ordens do Senhor por qualquer  coisa por menor que seja .
    ???

  2. Onde na passagem fala que el estava dividido ? Ele só foi porque Deus o mandou ir, e ele foi enfático que até mesmo se Balaque desse o palácio com ouro e prata ( NVI) ele não aceitaria, devemos ter cuidado em explicar as coisas sem fatos ( por deduções )

  3. Concordo com os comentários acima. .isso é uma dedução por não haver uma explicação clara… Melhor deixar que cada um busque de Deus a resposta que tentar dar uma que não traz solução

  4. É claro que os comentarios acima faz sentido porém Deus sendo onisciente ele está em todos os lugares Ele sabia da intenção do coração de Balaão.
    Sua boca pode dizer muitas coisas,porém sua intenção ser completamente diferente. Mais Deus é bom e Ele deu uma nova chance a Balaão.

Comentários 1 - 4 de 4Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário