Esqueceu a senha?

Pr. Natanael Rinaldi refuta Adventista

por cacp - sáb set 15, 6:41 pm

Pr. Natanael Rinaldi Refuta o Adventista Leandro Soares de Quadros

As colocações do Sr. Leandro (Adventista) aparecerão em ítalo

——————————————-

REFUTAÇÃO DA TRÉPLICA

Santos, 15 de janeiro de 2010

Prezado Leandro:

Lendo logo nas primeiras linhas da sua tréplica expõe v.s., simpaticamente, que o seu objetivo não era atacar minha pessoa “ Textualmente declara … minha tréplica que não tem o objetivo de atacar sua pessoa…” Como não, Leandro?

Mas não é isso que v. s. vem fazendo desde que deu sua primeira resposta ao artigo sobre EGW A Falsa Profetisa? Jamais, pela minha experiência em polêmicas com adventistas, se deu essa isenção que v. s. apregoa para se mostrar simpático. É chute na canela sem piedade. Querem vencer a polêmica no “tapa” como se diz na gíria. Como é que V. S. teve a petulância, a audácia, de, em razão de minhas discordâncias dos escritos de EGW e outras doutrinas adventistas, acusar-me de estar agindo com desonestidade chegando ao cúmulo de me comparar com Balaão, que era amante do dinheiro, e pelo dinheiro se vendeu ao rei Balaque e lhe deu conselhos para corromper o povo de Israel? Observe seu argumento. Veja suas acusações levianas:

“o Pr. Rinaldi precisa ser repreendido por Deus e é com a carta de Judas que o Senhor fará isso: “Estes, porém, quanto a tudo o que não entendem, difamam; e, quanto a tudo o que compreendem por instinto natural, como brutos sem razão, até nessas coisas se corrompem. Ai deles! Porque prosseguiram pelo caminho de Caim, e, movidos de ganância, se precipitaram no erro de Balaão, e pereceram na revolta de Corá.” Judas 1:10-11. (Grifos meus).”

Está refutando realmente meus argumentos? Não! Está me depreciando moralmente como se eu estivesse sendo pago para combater o adventismo agindo, segundo seu modo de pensar, como Balaão agiu por amor ao lucro financeiro. O erro de Balaão, segundo a Bíblia, foi fazer um acordo financeiro para levar o povo de Israel a pecar contra Deus. Para isso recomendou aconselhou a Balaque preparar uma festa idólatra com mulheres prostitutas e convidasse o povo de Israel, notadamente jovens do exército para a luxúria e a idolatria. Isso é diabólico, Leandro. É assim que V. S. combate seus opositores? Com pragas e comparações de figuras bíblicas como Balaão, Coré, etc.?

Em seguida, evasivamente, se apega a uma figura de linguagem para me acusar levianamente que “ o pastor faz uso do procedimento não cristão chamado “elipse”) precisam ser ignoradas.” 

Engana-se Leandro, quem faz uso de procedimento não cristão e quem publica livros ensinando como se aproximar dos evangélicos para vender sua literatura carregada de heresias de EGW e de como arrebanhar pessoas de igrejas evangélicas, são os adventistas. Hipocrisia a toda prova e ainda tem o desplante de publicar em seus periódicos os que foram engalfinhados pelo engodo adventista. É só ler seu site e o da igreja adventista. Outras vezes põem seus colportores na rua para visitarem as igrejas evangélicas com a mesma finalidade. Será que v. s. se esqueceu do livro “ESTUDANDO JUNTOS”. Estudando juntos com quem? Com pessoas sem conhecimento cristão? Não! Leia na página 124 a hipocrisia religiosa dos adventistas é exposta;

“Como trabalhar com os batistas”.

Ao aproximar-se de seus amigos batistas, aborde aqueles pontos que temos em comum. Não entre imediatamente numa discussão acerca do sábado, mas sobre Jesus.. Evitar entrar em controvérsia a todo o custo. … “Quando o amor de Jesus dominar seus corações, no momento certo, sob a direção do Espírito Santo, então poderá explicar-lhe as verdades próprias dos Adventistas do Sétimo Dia.” Qual o livro base para compartilhar as verdades com o amigo batista? “Partilhe com ele um estudo cristocêntrico ou a leitura de “O Desejado de Todas as Nações”, “Caminhos a Cristo” ou um artigo cristocêntrico de “Os Sinais dos Tempos”.

Aí está a sutileza adventista. Pergunto: Por que polemizar sobre o sábado se as duas maiores doutrinas adventistas são: 1) O juízo Investigativo e 2) O Santuário celestial que é centro da fé adventista?

Não acha que deveriam começar pelo mais importante e não pelo secundário? EGW escreve que todo adventista deve ter bom conhecimento sobre a doutrina do Juízo Investigativo.

“O assunto do santuário e do juízo de investigação, deve ser claramente compreendido pelo povo de Deus. Todos necessitam para si mesmos de conhecimento sobre a posição e a obra de seu grande Sumo Sacerdote. Aliás, ser-lhes-á impossível exercerem a fé que é essencial neste tempo, ou ocupar a posição que Deus lhes deseja confiar.” … “É de máxima importância que todos investiguem acuradamente estes assuntos, e possam dar resposta a qualquer que lhes peça a razão da esperança que neles há.” (O CONFLITO DOS SÉCULOS, 491/92)

Já imaginou um crente batista ouvir falar que a obra da redenção não foi concluída na cruz e que cada cristão deve saber que essa obra do Juizo Investigativo vai terminar um pouco antes da vinda de Jesus e que os livros serão abertos para saber se tais pessoas serão ou não salvas? E que só se salvarão quando seus pecados forem lançados sobre Satanás e, que, só quando Satanás for aniquilado, os pecados dos adventistas serão cancelados?

“Satanás não somente arrostou o peso e castigo de seus próprios pecados, mas também dos pecados da hoste dos remidos, os quais foram colocados sobre ele; e também deve sofrer pela ruína de almas por ele causada. Vi então que Satanás e toda a hoste ímpia foram consumidos, e que foi satisfeita a jstiã de Deus; e todo o exército dos anjos os santos remidos todos, com grande voz,disseram: “Amém” (Rtual do Santuário, p. 315)

“Não se deveria colocar na boca de Ellen White (e dos adventistas) conceitos que ela JAMAIS sonhou em expressar. O senhor não deveria demonstrar sarcasmo em suas afirmações, mas, um coração disposto a entender de verdade o que ensinamos.”

Meu Deus, “Sarcasmo, Leandro? Como eu devo “entender de verdade o que ensinamos”.! Que verdade! se os próprios adventistas não tem coragem de expor o que eles creem sobre o Juízo Investigativo?

Meu Deus, que assombro! E eu que li na Bíblia que meus pecados foram lançados sobre Jesus!!! ( 2 Co 5.19; 1 Pe 2.24) Será que me enganei na leitura da Bíblia? Imagine pensam que meus pecados foram lançados sobre Jesus e os adventistas me esclarecem que serão meus pecados lançados sobre Satanás…

Mas, afinal, de quem estava profetizando Isaías quando, em 53.4-12 do seu livro, fala de alguém que carregou minhas iniqüidades? (Isaías 53:4) – “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. (Isaías 53:5) – Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (Isaías 53:6) – Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. (Isaías 53:11) – Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si.” Isaías não falava de Jesus? Ou profetizava sobre Satanás?

E o apóstolo Pedro falou de quem, quando escreveu: “(I Pedro 2:24) – Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.” Pedro 2:24) .Imagine um cristão ouvir tamanhas heresias de perdição (2 Pe 2.1-3)? E Arnaldo Christianini, ainda em êxtase, declara sobre EGW: “Tudo quanto disse e escreveu foi puro, elevado, cientificamente correto e profeticamente exato.” Crê nisso, Leandro? (Subtilezas do Erro, p. 30).

JUIZO INVESTIGATIVO OU JUIZO EXECUTIVO?

Juízo Investigativo é o que Paulo ensina na celebração da Ceia do Senhor com relação aos participantes: (I Corintios 11:28) – “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. (I Corintios 11:29) – Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do SENHOR. (I Corintios 11:30) – Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem.(I Corintios 11:31) – Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. (I Corintios 11:32) – Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.” Apocalipse 20.11-15). A Bíblia fala de Juízo Executivo como acontecimento escatológico futuro: (Mateus 25:31) – “E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; (Mateus 25:32) – E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; (Mateus 25:33) – E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. (Mateus 25:34) – Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; (Mateus 25:41) – Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; (Mateus 25:46) – E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.”

Depois saem de nossas igrejas dando risadas de nós e fazendo sarcasmo com a nossa ingenuidade. Isso é atitude digna de uma igreja que se classifica como remanescente? Foi por isso que Paulo foi severo com a igreja de Corinto: (II Corintios 11:13) – “Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. (II Corintios 11:14) – “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. (II Corintios 11:15) – Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.”

E v.s. se faz de ingênuo e me critica dizendo que faço sarcasmo das suas doutrinas.

Embora discorde abertamente dos ensinos das testemunhas de Jeová, elas, não se apresentam como irmãos e não são falsas quando falam conosco de suas doutrinas esdrúxula. Por nosso lado também sabemos com quem estamos falando e por isso vamos sem rodeios. Agora, fingir que é da mesma igreja, é ser um lobo vestido de ovelhas (Mt 7.15), isso é ignóbil! Vergonhoso! Indigno! Quer chegar aos 13 milhões de adeptos agindo dolosamente?

Até a manhosa EGW teve a audácia de ensinar como fazer proselitismo. Escreve ela: “Temos uma obra a fazer por ministros de outras igrejas. Deus quer que eles se salvem.” … “Nossos ministros devem buscar aproximar-se dos ministros de outras denominações.” (Testemunhos Seletos, vol. II, p. 386, 2ª. Edição, 1956)

Refere-se V. S. que tenho ódio no coração contra os adventistas. Amo o pecador sem amar o seu pecado. Odeio o modo capcioso, de aproximar-se dos nossos irmãos e fingir que são nossos irmãos, saudando-os com a Paz do Senhor; pedindo ao pastor para falar a igreja; e esse inocente pastor permite fazer propaganda dos livros publicados pelos adventistas para a venda. Fazem suas vendas e vendas a prazo para dar margem a visitas de colportores onde assediam a família daquela igreja. E v. s. Leandro, tem a desfaçatez de falar que eu faço sarcasmo dos ensinos adventistas?

UMA IGREJA QUE NASCEU NUM MILHARAL

Imagine um crente evangélico saber que a igreja adventista nasceu de uma visão descabida ocorrida num milharal.! É o que relata o livro História do Adventismo (página 50): “Enquanto atravessava o milharal, Edson nos conta: ‘Detive-me em meio ao campo. O céu parecia abrir-se-me à vista e vi distinta e claramente que em lugar de nosso Sumo Sacerdote sair do Lugar Santíssimo do santuário celestial para vir à Terra [em 22 de outubro] … Ele pela primeira vez entrava nesse dia no segundo compartimento desse santuário: e que Ele tinha uma obra para realizar no Santíssimo antes de vir à Terra.”

Quem era o cidadão chamado Hirã Edson? Algum mestre em teologia? Não.

“E Hirã Edson, o ‘Cléopas do milharal’ do adventismo, era um fazendeiro do norte do Estado de Nova Iorque – e um leigo dedicado e estudioso da Bíblia, ganhador de alma – quando Deus lhe deu compreensão do mistério celestial de Cristo, que era tema inédito na história da Teologia. Num sentido muito especial a Igreja Adventista do Sétimo Dia nasceu naquele momento, naquele milharal, quando aquele fazendeiro contemplava a Cristo.” (idem, p. 50)

Estou assombrado, Leandro, não posso acreditar no que estou lendo e escrevendo tirado do livro História do Adventismo, exatamente de quem v. s. fala que não compreendo nada da sua história. E se você já sabia dessa patranha quer passá-la a outros?

Um leigo descobre um tema que era “inédito na história da Teologia”. Ora, ora, Leandro, qual seria o teólogo que anunciaria tamanha heresia, repito heresia de perdição ao afirmar que Cristo por 1813 anos, embora sumo sacerdote, permanecesse no lugar santo do santuário celestial e que, somente em 22 de outubro de 1844, passasse para o seu próprio lugar – o santo dos santos – onde oficiava biblicamente o Sumo Sacerdote.

Uma igreja que se ufana de ser a igreja remanescente ensina a maior heresia de todos os tempos, anulando a obra salvífica da cruz, ainda não concluída em nossos dias!!! (II Pedro 2:1) – “E TAMBÉM houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. (II Pedro 2:2) – E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.”

Não é porque os adventistas não conhecem a verdade bíblica. Conhecem-na mas a negam conscientemente. Vejamos o que diz o mesmo livro na página 51,

“Todos os cristãos bíblicos crêem que Jesus morreu pelos pecados na cruz, e que desde Sua ressurreição Ele vive ‘sempre para interceder por eles’. Hebreus 7.25. A maior parte dos teólogos, dedicaram ao assunto atenção especial, tem entendido que Ele sempre realizou essa intercessão no lugar santíssimo do santuário celestial.” Corretíssimo, afirmo eu.

Veja agora, sr. Leandro, como conscientemente os adventistas rejeitaram a ortodoxia da morte e ressurreição de Jesus anunciando desde então que

“Ele pode salvar perfeitamente todos os que por Ele se chegam a Deus vivendo sempre para interceder por eles (Hb 7.25)? Não!

Rebeldes à verdade bíblica o que fizeram? Continuemos a ler o livro História do Adventismo: “Os adventistas do sétimo dia, contudo, crêem que após Sua ascensão Ele iniciou Sua obra de intercessão no lugar santo, o primeiro compartimento do santuário celestial, e que somente em 1844 transferiu-Se para o segundo mais interior, o lugar santíssimo.” (grifo meu)

O que se conclui de tudo isso? Rebeldia flagrante. Um sumo sacerdote oficiando no lugar santo! E depois, contradizendo a Bíblia, afirma que Jesus iniciou “Sua obra especial no lugar santíssimo… Como? se ele estava lá a partir da sua ressurreição?…

Observe outra heresia de perdição, Leandro:

EXPIAÇÃO OU POLUIÇÃO PELO SANGUE DE CRISTO?

Vamos a outro ensino herético do mesmo Hirã:

“Hirã Edison e seus amigos, por exemplo, perceberam que nos serviços do santuário terrestre, ao oferecem as pessoas seus sacrifícios e confessarem seus pecados dia após dia, eram perdoados e uma expiação se fazia por eles. Ver Levítico 4.26,31, 35.Não obstante isso, cada ano seus pecados perdoados eram revistos e eliminados no Dia da Expiação. Nesse solene Dia da Expiação (Levítico 16) Deus requeria que o próprio sumo sacerdote realizasse os ritos. Nenhum sacerdote comum serviria. Nesse dia único em todo o ano o sumo sacerdote entrava no lugar santíssimo, onde a presença de Deus era simbolizada por luz brilhante, sobrenatural acima da arca. E o propósito do sumo sacerdote nesse dia especial e nesse local especial estava enfaticamente declarado nas Escrituras: para fazer ‘expiação pelo santuário’, e para fazer ‘expiação por vós [o povo de Israel], para purificar-vos; e sereis purificados de todos os vossos pecados perante o Senhor.’. Levítico 16.33,30” (o grifo é meu)

“A purificação do santuário e a purificação final do povo perdoado iam de mãos dadas nos tempos do Velho Testamento. Assim, Edson e seus amigos raciocinaram, a purificação do santuário celeste e a purificação final dos perdoados santos de Deus deve ser o sentido do ministério especial de Cristo no lugar santíssimo do Céu desde 22 de outubro de 1844. …(grifo é nosso)

Agora, Leandro, segure-se na cadeira se estiver sentado para ler a injúria lançada sobre a obra expiatória de Jesus: “Assim eles desenvolveram a triunfante conclusão: AO TEREM OS PECADORES AO LONGO DOS SÉCULOS BUSCADO O PERDÃO, JESUS TEM LEVADO O REGISTRO DE SEUS PECADOS CONFESSADOS AO LUGAR SANTO, ONDE TEM CONTAMINADO O SANTUÁRIO CELESTIAL” (Ibidem, p. 65,66) (maiúsculo e grifo meus)

Socorre-me, Leandro! Não acredito que o mesmo homem e somente ele viu Jesus sozinho entrar no santíssimo do céu em 22 de outubro de 1844, agora, me deixa estupefato com a declaração demoníaca (considerada triunfante) que o preciosíssimo sangue de Cristo, que nos lava dos nossos pecados: “(Apocalipse 1:5) ,,, Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados,”, esteja contaminando o santuário celestial.!!!
Mais ainda, todo o louvor que se tributou a Jesus por nos lavar dos nossos pecados não tenham sentido, embora esteja na Bíblia o louvor que lhe foi tributado, considerando que pouco adiantou porque está poluindo o céu. O louvor que a ele se tributa está em Apocalipse 5.8,9: “E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. (Apocalipse 5:9) – E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação;” Que valeu tal obra expiatória considerando que, os pecados perdoados por Cristo foram transportados para o ceu e estão poluindo o lugar santíssimo!!!
Os pecados perdoados por Cristo estão poluindo o lugar santíssimo… Misericórdia! Para quem tem a desventura de ter seus pecados perdoados pelo sangue de Jesus, no ceu que nunca entrou que contaminasse o ceu agora está sendo poluído… (Apocalipse 21:27) – “E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.”

O USO DO SANGUE NO ANTIGO TESTAMENTO

Qual a utilidade do sangue e por que Deus proibiu que os israelitas o comessem?

(Levítico 4:14) – E quando o pecado que cometeram for conhecido, então a congregação oferecerá um novilho, por expiação do pecado, e o trará diante da tenda da congregação,

(Levítico 17:11) – “Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma.” Em claro: o sangue só tinha uma finalidade: expiar e o animal deveria ser limpo.

(Hebreus 9:22) – E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.

(I Pedro 1:18) – Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, (I Pedro 1:19) – Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,”

Se o sangue diário derramado dentro do lugar santo poluía o lugar, por que o sangue do bode expiatório derramado no dia da expiação dentro do santo dos santos purificava esse lugar? Por que num momento o sangue do animal sacrificado poluía e no outro, expiava?

E você, Leandro, vem com essa bobagem e estupidez de querer me “subornar” com seus argumentos pueris de figuras de linguagem chamadas “elipses” para me fazer calar? Cai fora, moço, conheço a manha adventista há muito mais tempo do que você. Cito referências de publicações adventistas com consciência e responsabilidade. Vai dizer que ignorava que os seus irmãos adventistas nunca ficaram decepcionados com o ensino herético de EGW sobre preconceito racial como procurou me convencer? O Artigo publicado na Revista Adventista até hoje está causando discórdia dentro da Igreja. E cuidado com o preconceito de cor. Dá cadeia e v. s. sabe disso. Segundo ela foi Deus que lhe deu a resposta para discriminar negros, “Em resposta a indagações quanto à conveniência de casamento entre jovens cristãos de raças branca e preta, direi que nos princípios da minha esta pergunta me foi apresentada, e o esclarecimento me foi dado da parte do Senhor foi que êsse passo não devia ser dado…”) Mensagens Escolhidas, p. 11) O que leio em 2 Coríntios 6.14-16 é a ordem da Bíblia para não se unir com pessoas incrédulas, mas quanto à cor da pele? Isso é preconceito na dura.

Quis me convencer de que EGW não declarou o dia e a hora da volta de Jesus e o fez apenas para animar seus irmãos que passavam por tribulações? Engole V. S. essa evasiva? Fica convencido dessa bobagem? E que depois pôs tudo a perder quando declarou que havia se esquecido do dia e da hora da volta de Jesus? Quer dizer que o ânimo que receberam em saber da data e hora da vida de Jesus fortaleceu os caminhantes e depois caíram em desânimo ao ouvirem a mesma profetisa dizer que “Depois que saí da visão me esqueci do dia e da hora.” Que adiantou sua profecia marcando a data – dia e hora – da volta de Jesus e depois chutar tudo com sua profecia de que fora esquecido o dia e a hora. A quem v. s. está procurando enganar?

Continua V. S.: “Outra informação importante e que evitará que o público evangélico veja-o como uma pessoa desinformada sobre nossa história denominacional é a de que Ellen White não elaborou o ensino do juízo investigativo”

Ora, ora Leandro, se ela não elaborou o ensino do juízo investigativo, segundo sua declaração, não significa que ela não tivesse apoiado o ensino.Tanto estava na expectativa que Jesus voltaria visivelmente em 22 de outubro de 1844, que se lê no livro História do Adventismo o seguinte:

“Dentro do movimento os crentes aguardavam com alegre expectativa. A adolescente Ellen Harmon escreveu depois: ‘Este foi o ano mais feliz de minha vida. Meu coração estava cheio de felix expectativa.” (p. 33). Em que livros publicados pelos adventistas não aparece o nome de Ellen Gould White como integrada na doutrina do Juízo Investigativo? Querer tapar o sol com a peneira, Leandro, é debochar dos seus próprios irmãos.

Por exemplo, por que no livro O CONFLITO DOS SECULOS aparece a doutrina como de autoria dela? Por que os adventistas adotaram a visão de Hirã Edson para escapar do vexame do Grande Desapontamento? Não estava lá Ellen Gould White? No livro citado lemos sobre ela:

“Em dezembro de 1844, dois meses depois da decepção, quando os crentes adventistas necessitavam de uma voz que lhes comunicasse certeza do Céu, Deus deu uma visão a Ellen Harmon, jovenzinha de dezessete anos. Numa concisa representação simbólica, foi apresentado o futuro da igreja. O tempo abrange de 22 de outubro até que os santos entrem na Nova Jerusalém.” – “História da Nossa Igreja, p. 195.” (Administração da Igreja, p. 21)

Ainda se lê no livro Administração da Igreja na página 20 o seguinte” : “Afora aqueles que se dispersaram, desapontados e desiludidos, formaram-se três grupos que, independentemente, tomaram decisões e seguiram rumos diferentes. ‘Interessa-nos especialmente o grupo de Irã Edson, José Bates, Tiago White e Ellen G. Harmon, porque foram o núcleo de nossa igreja. Notem nesse grupo a presença da jovem Ellen, que anos depois se casou com Tiago White; daí ser ela carinhosamente identificada por toda a Igreja como a irmã White.” E foi que se o evento do nascimento da igreja adventista no milharal. Sim, a válvula de escape para o adventismo foi o engodo apontado por Hirã Edson no milharal:

Mais ou menos na metade do milharal, Hirá Edson deteve-se. Pareceu-lhe ver o santuário no Céu, e Cristo como Sumo Sacerdote, saindo do lugar e dirigindo-se ao santíssimo. Edson escreve:

‘Vi distinta e claramente que nosso Sumo Sacerdote, em vez de vir à Terra no dia décimo do sétimo mês, ao fim dos dois mil e trezentos dias, entrava naquele dia pela primeira vez no segundo compartimento do santuário e tinha uma obra a realizar no lugar santíssimo antes de voltar à Terra.’” – História da Nossa Igreja, pág. 183)

Então, Leandro, um homem que se mostra “conhecedor” da História da Igreja adventista e que desdenha do seu opositor, e o classifica como ignorante, vive numa igreja que sustenta tais malandragens de interpretar a Bíblia erroneamente se fazendo valer de uma visão de um visionário que, enquanto caminhava por um milharal, teve uma visão, conhecida como a famosa visão do milharal onde nasceu a igreja adventista. Sim, acredite se quiser, Jesus, em vez de vir à Terra como fora profetizado por William Miller, saiu do lugar santo do céu, onde esteve por 1813 anos e agora, exatamente em 22 de outubro dd 1844, passara para o segundo compartimento do santuário celestial. Quem foi que endossou no seu livro O CONFLITO DOS SÉCULOS, página 484, edição 1980 essa “crendice” ? A profetisa EGW: “É esta vinda (de Jesus), e não o seu segundo advento à Terra, que foi predita na profecia, como devendo ocorrer ao terminarem os 2.300 dias, em 1844. Assistido por anjos celestiais, nosso grande Sumo Sacerdote entra no lugar santíssimo e ali comparece à presença de Deus a fim de Se entregar aos últimos atos de Seu ministério em prol do homem, a saber: realizar a obra do juízo investigativo.”

E por quê? Porque estava no grupo de Hirã Edson. Como aceitar essa idéia maluca de que Jesus entrou no Santo dos Santos do santuário celestial em 22 de outubro de 1844 se como Sumo Sacerdote não tinha nada que fazer no lugar santo a partir do ano 31 AD. e ficar lá retido por 1813 (31+1813= 1844)?

Jesus entrou no Santo dos Santos do santuário celestial 40 dias depois da sua ressurreição.

(Atos 1:3) – “Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.”

(Atos 1:9) – “E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. (Atos 1:10) – E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. (Atos 1:11) – Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir. “ Estevão o viu junto ao Pai no seu trono: “

(Atos 7:55) – “Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus; (Atos 7:56) – E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus.”

(Colossenses 3:1) – “PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.” Ademais, o livro de Hebreus foi escrito cerca do ano 64 AD. e o escritor declara que Cristo já entrara no Santo dos Santos quando o livro foi escrito: “

(Hebreus 6:19) – “A qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu, (Hebreus 6:20) – Onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.”Compare com

(Levítico 16:2) – “Disse, pois, o SENHOR a Moisés: Dize a Arão, teu irmão, que não entre no santuário em todo o tempo, para dentro do véu, diante do propiciatório que está sobre a arca, para que não morra; porque eu aparecerei na nuvem sobre o propiciatório.” (Números 7:89) – “E, quando Moisés entrava na tenda da congregação para falar com ele, então ouvia a voz que lhe falava de cima do propiciatório, que estava sobre a arca do testemunho entre os dois querubins; assim com ele falava.”

(Hebreus 8:1) – “ORA, a suma do que temos dito é que temos um sumo sacerdote tal, que está assentado nos céus à destra do trono da majestade,” (Efésios 1:20) – Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus. (Efésios 1:21) – Acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro;”

Ainda a considerar que Jesus concluiu sua obra de redenção na cruz e, ao subir ao céu, esta obra já estava terminada definitivamente: “

(Hebreus 1:3) – “O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;”

(Hebreus 9:12) – Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.

(Hebreus 9:13) – Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne,

(Hebreus 9:14) – Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?”

(Hebreus 9:24) – Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus;

(Hebreus 10:10) – Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez.

(Hebreus 10:11) – E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados;

(Hebreus 10:12) – Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus,”

Confesso, Leandro, que ao escrever esses versículos bíblicos dei “Glória a Deus por não ser adventista”. Imagine, ler “… antes que se complete a obra de Cristo para a redenção do homem, há também uma expiação para tirar também o pecado do santuário. Este é o serviço iniciado quando terminaram os 2300 dias. Naquela ocasião, conforme fora predito, pelo profeta Daniel, nosso Sumo Sacerdote entrou no lugar santíssimo para efetuar a última parte de sua solene obra – purificar o santuário.” (O GRANDE CONFLITO, p. 420).

E ainda lemos na página 421: “Destarte, os que seguiram a luz da palavra profética, viram que em vez de vir Cristo à terra, ao terminarem em 1844 os 2300 dias, entrou ele então no lugar santíssimo do santuário celeste, a fim de levar a efeito a obra final da expiação, preparatória para a sua vinda.”

Pergunto: há alguma elipse na minha resposta, ou queria que escrevesse todo o capítulo do livro em tela?

Como é que o homem que conhece muito bem a história da igreja adventista, dá o seu aval às mirabolantes “visões” e ensinos de EGW estapafúrdios dela (Hb 13.9)?

A propósito, levanta o livro História do Adventismo, na página 42, algumas perguntas para justificar o fracasso profético da vinda literal de Jesus em 22 de outubro de 1844: “Então, o que causou tanta confusão a respeito dEle e, pouco depois, tanto desapontamento? Foi a falta de compreensão por parte do povo. Para tornar perfeitamente claro em nossa mente que Jesus não foi responsável pela concepção equivocada e subseqüente desapontamento…”

Foi realmente a falta de compreensão por parte do povo ou foi o grupo de pessoas que ficou para constituir a igreja adventista e entre eles, estava a papisa do adventismo até nossos dias – Ellen Gould White, Hirã Edson, José Bates como cabeças da fundação da igreja adventista? Veja só que infantilidade levantar a hipótese, “Jesus não foi responsável pela concepção equivocada”. Use a inteligência, Leandro, só faltava isso atribuir a Jesus esse erro crasso que leva a igreja adventista a defender esse estranha doutrina do “juízo investigativo. E o pior: interpreta Apocalipse 10 como se tal equívoco doutrinário já tivesse sido profetizado. No seu são juízo, Leandro, e imparcialmente falando, acertou v.s. quando me acusou de ignorante da história adventista?

Deus se utiliza de falsos profetas? Ou determina a morte deles não aceitando pedido de desculpas?

(Deuteronômio 18:20) – “Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. (Deuteronômio 18:21) – E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? (Deuteronômio 18:22) – Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele.

Isso se dá o título de elipse?

Não preciso usar de acusações contra as pessoas ADVENTISTAS com as quais me correspondo. É só citar livros escritos por escritores adventistas, como é o caso da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o remanescente, em Brasília, no livro “SONHOS E VISÕES DE JEANINE SAUTRON. Nele se pode verificar como os adventistas são amigos entre si como denominação. Amam-se tanto que se engalfinham em acusações mútuas pesadíssimas como escreve Jeanine Sautron em seu livro ora citado.

CREDENCIAIS DE JEANINE SAUTRON – ADVENTISTA

“O Sr. Oséas Maurer, Diretor de Publicações do Instituto de Evangelização Cristã, faz a seguinte apresentação da profetiza Jeanine Sautron, às páginas 6 e 7 do livro em epígrafe: A Sra. Jeanine Sautron, casada, mãe de três filhos, nascida na África em 1947, da raça negra, é Adventista do 7o. Dia na França, onde mora há muitos anos. Adventista desde o nascimento, filha de pais adventistas, era membro da igreja de S. Julien, França, localidade perto de Genebra, Suíça, onde, a partir de 1985, começou a divulgas seus SONHOS E VISÕES em fitas cassete e transcritos, tendo já gravado até hoje (agosto/93) 40 fitas, além de algumas mensagens breves e cartas. Essas mensagens estão circulando em diferentes países por meio de fitas cassete e livros, em francês, inglês, espanhol, alemão, húngaro, coreano e português.

Em 1987, a Comissão de sua igreja não reconheceu seus SONHOS E VISÕES como procedentes de Deus e lhe recomendou que não mais os divulgasse. A Sra. Sautron alegou que Jesus lhe havia ordenado para não se calar, pois as mensagens eram Dele para Seus filhos e, assim, ela as continuou divulgando.
Finalmente, em 15-06-91, devido às suas mensagens, ela foi excluída da igreja de S. Julien. Ela continua sendo fiel Adventista do Sétimo Dia e seu endereço atual é Franclens 74910, Seyssel, França.”

MENSAGENS DADAS POR JESUS PARA A PROFETISA JEANINI SAUTRON

“A Sra. Sautron também afirma que Jesus lhe disse que os SONHOS E VISÕES devem se unir aos Primeiros Escritos da Sra. White, e que suas mensagens se espalharão por todas as nossas Igrejas, mas com poucas pessoas as aceitando, e que essas mensagens são as últimas mensagens de misericórdia para a igreja de Laodicéia e para o mundo nos últimos dias.

Algumas mensagens do citado livro

“Jesus me disse: ‘Irás profetizar para mim. Eu te encherei do Meu Espírito Santo de modo a que sejas capaz de profetizar como João.’” (p.73)

“Meu mensageiro dos sonhos tomou o livro de E. G. White chamado Primeiros Escritos e juntou-o aos livros Sonhos e Visões, Volume I e Volume II.” (p. 173).

NOTA: Por que os adventistas rejeitam o pedido de profetisa Jeanine Sautron? Seria porque ela é negra?

“Jesus me diz: Muitos se perderão porque amaram a pessoa de E. G. White, ou os líderes ou os ministros, idolatrando-os. ‘ Essas pessoas Me rejeitaram como seu Mestre e Senhor’.” (p. 258)

NOTA: Não seria o seu caso, Leandro? Parece até os católicos com relação à Maria…

“Jesus revelou-me que os testemunhos de Primeiros Escritos, de E. G., White, do Espírito de Profecia, apoiarão fortemente as mensagens de Sonhos e Visões.” (p. 258)

NOTA: Se foi Jesus que revelou por que os adventistas são desobedientes à visão celestial de Jeanine Sautron?

“Num sonho, foi-me mostrado que se a Sra. White vivesse em nossa época, irmãos e irmãs da Igreja Adventista do Sétimo Dia oficial hesitariam em crer nas mensagens que ela lhes revelaria para nosso tempo.” (p. 308)

NOTA: Os adventistas da Promessa já abandonaram EGW…

Não permitais que alguém sirva de cérebro para vós, não permitais que alguém pense, investigue e ore em vosso lugar. Esta é a instrução que devemos tomar a peito hoje em dia.’” (Fundamentos da Educação Cristã, p. 307)

NOTA: Qual o órgão que está agindo como o Papa? Não é a Associação Geral…?

ACUSAÇÕES CONTRA A IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA

O livro SONHOS E VISÕES traz as seguintes acusações contra a IASD:

“Como Jesus disse, a Igreja Adventista caiu completamente em métodos idólatras, e o Seu santuário é profanado cada sábado.” (p. 74)

“Jesus me disse: ‘ Conheço vossos corações. Os líderes da Associação Geral volvem as costas para Mim, preferindo crer em espíritos sedutores e doutrinas mentirosas de Satanás, espezinhando a verdade do santuário de Deus no Céu. Esse é um estratagema de Satanás, Meu inimigo, que fez isso a fim de arrebatar-Me todos os Meus fiéis, se fosse possível!’” (p. 149)

“Jesus chora a respeito dos adventistas do sétimo e Ele os declara piores do que o povo de fora. A condição de Sua igreja à vista de Deus é bastante

“Esta igreja é destituída do Espírito Santo de Deus! No sonho, eu me levantei a lhes disse em voz alta: ‘ Sois possessos de Satanás – arrependei-vos!’” (p. 155)

Pergunto Leandro: Que providências foram tomadas contra essas declarações violentas pronunciadas profeticamente contra sua igreja? E tudo alegado em nome de Jesus…

Leio mais na sua tréplica:

O IRMÃO ROBSON ALVES

Admito que v. s. se sente feliz em citar a ocorrência com o irmão Robson Alves que segundo relata passou a guardar o sábado.

“O irmão Robson Alves, da Assembléia de Deus, depois de debatermos sobre vários assuntos (Sábado, Imortalidade Condicional da Alma, etc), concordou comigo que o sétimo dia não foi abolido (Mateus 5:17, 18), mas, continuou crendo na Imortalidade da alma. Somos grandes amigo…

Amigo, Leandro, admiro sua atitude que reflete um tipo de amizade fingida ao chamar esse membro da Assembléia de Deus de irmão. É a característica de todo o adventista; A chamando esse senhor. de irmão, mesmo sendo , da Assembléia de Deus…É como nos diz Ubaldo Torres de Araújo. Um adventista que se presa vê motivo maior em ganhar um membro de igreja evangélica para o adventismo, do que ganhar um homem perdido sem Cristo para sua grei.

Entretanto, o que me causa surpresa, como sempre, é que nunca os adventistas abordam, quando se debatem com pessoas de outras denominações, as duas centrais doutrinas adventistas, isso repetindo o que os próprios adventistas afirmam ser: Juizo Investigativo e o Santuário Celestial, que constituem o centro da sua esperança.

Até parece que tais doutrinas centrais não existem… Pergunto: francamente, v. s. crê nessas doutrinas estapafúrdias de que Jesus não concluiu sua obra redentora na cruz?
Crê mesmo que Satanás vai ter parte na sua salvação porque realmente v. s. não se verá livre dos seus pecados enquanto ele não carregá-los e só depois do aniquilamento dele é que v. s. vai respirar aliviado. Já pensou, Leandro, uma igreja que proclama ser Satanás o seu co-salvador e que só se vai ver livre dos pecados quando ele for aniquilado? Será que, por essa razão,nunca falou ao “irmão Robson Alves” sobre o assunto, preferindo ignorá-lo porque temia que ele reconhecesse que a igreja adventista é uma seita? Os adventistas têm tanta necessidade de Satanás, quanto tem de Jesus. Um sem o outro não funciona… Jesus perdoa, e Satanás carrega com os pecados e vai ser punido por causa deles…

Já expôs ao mesmo irmão Robson que Ellen Gould White nos seus dias se antecipou aos astronautas dos nossos dias visitando outros mundos siderais?

Ela conta suas experiências dizendo: “O Senhor me proporcionou uma vista de outros mundos. Foram-me dadas asas, e um anjo me acompanhou da cidade a um lugar fulgurante e glorioso. A relva era dum verde vivo, e os pássaros gorgeavam ali cânticos suaves. Os habitantes do lugar eram de todas as estaturas; nobres, majestosos e formosos. Ostentavam a expressa imagem de Jesus, e seu semblante irradiava santa alegria, eu era uma expressão da liberdade e felicidade do lugar. Perguntei a um deles por que eram muito mais formosos que os da terra. A resposta foi: – Vivemos em estrita obediência aos mandamentos de Deus, e não caímos em desobediência, como os habitantes da terra.Vi então duas árvores. Uma se assemelhava muito à árvore da vida, existente na cidade. O fruto de ambas tinha belo aspecto, mas o de uma delas não era permitido comer-se.Tinham a faculdade de comer de ambas, mas era-lhes vedado comer de uma. Então meu anjo assistente me disse: – Ninguém aqui provou da árvore proibida; se, porém, comessem, cairiam. Então fui levada a um mundo que tinha sete luas. Vi ali o bom e velho Enoc que tinha sido trasladado.” (O Amor de Deus Para com o Seu Povo – 13, p. 7)

Como v.s. analisa essa “visão” de EGW? Como encara a descrição do arrebatamento dela para uma cidade onde os habitantes não foram alcançados pelo pecado de Adão? e como fica frente ao que Paulo expõe: (Romanos 3:23) – “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; “(Romanos 5:12) – “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.”

Esse anjo que a acompanhava falou a verdade quando disse que … “Ninguém aqui provou da árvore proibida?” Fora os anjos que não pecaram, algum ser humano teria entrado no céu, o que penso ser o lugar onde ela foi transportada, por pureza pessoal por nunca terem pecado? Não está escrito que (I João 1:8) – “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. “?

E, afinal, Enoc não foi arrebatado para o ceu? (Gênesis 5:24) – “E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou.” Como então EGW foi encontrá-lo no planeta Saturno? Aparece na página citada uma gravura com os anéis de saturno e a indicação escrita “O Planeta Saturno”.

“O tipo de jornalista que sou… Se ler os debates que tive com pessoas que discordam (de forma educada) de minhas ideias verá que não considero “desonestos” todos aqueles que não concordam comigo. Há pessoas que vivem segundo a luz que receberam e Deus as julgará levando isso em conta. Acesse meu blog (www.namiradaverdade.com.br) e veja que, em vários debates (quando a pessoa é sincera e sabe discordar), há diálogos amistosos (noutros, nem tanto… Pois, não é fácil tratar com aqueles que dizem palavras de baixo calão)”.

Como sempre realçando sua honestidade e ironicamente se referindo a mim, como um tipo desonesto que fala do que não sabe porque não age como v. s. consultando a entidade religiosa que publicou certas doutrinas consideradas falsas. Na verdade, quando polemizo sobre pontos doutrináios de opositores, não me preocupo em investigar do que discordo e o opositor tem a obrigação de expor sua forma de crer. É o caso presente. Como v. s. afirmou que não EGW quem deu origem a doutrina do Juízo Investigativo, fui obrigado a adquirir o livro citado História do Adventismo para verificar quem deu origem a essa doutrina temerária e escabrosa que até os que a aceitam evitam discorrer sobre ela. Não encontrei ainda um adventista que iniciasse uma polêmica comigo começando pela doutrina do Juízo Investigativo. Não é prova autêntica que escondem tais heresias. Na sua relação que li em seu blog e no qual relaciona as doutrinas do adventismo, também não li nada sobre tal ensino central do adventismo.

“Aceito todos os versos que o pastor mencionou por que são a Palavra de Deus. Mas, o fato de o senhor citá-los para “desmerecer” a doutrina do juízo investigativo (aceita por teólogos como Seiss) faz com que não adote o seu ponto de vista.”

Cada vez me decepciono mais com v. s. diante do argumento que expende para recusar os textos bíblicos por mim citados contra essa famigerada doutrina do Juízo Investigativo. Quando os argumentos de qualquer teólogo, por mais emérito que seja, tem prevalência sobre a Palavra de Deus? É o que v.s. está afirmando. Não estou a ‘desmerecer’ a doutrina do Juízo Investigativo. Ela é uma aberração teológica. Quando, Leandro, um cristão pode concordar com uma doutrina que faz de Satanás um co-salvador sobre quem vão cair nossos pecados? Jesus já não os levou na cruz (I Pedro 2:24) – Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.” Não quero que v. s. adote meu ponto de vista, quero que adote o que a Bíblia diz. Repila essa hedionda doutrina de EGW no seu livro O GRANDE CONFLITO ou desse leigo chamado Hirã Edson.

“Se o fato de Christianini explicar que o Senhor Jesus utilizou-se de crenças da época o tornam um “místico”, então o senhor terá de dizer o mesmo em relação a outros autores – NÃO ADVENTISTAS – que sabem ser Lucas 16:19-31 uma parábola, recheada de crendices judaicas e até pagãs para ilustrar um ponto. Entre eles: Clark Pinnock, John Stot, Archer (mesmo acreditando no inferno, não acha correto o uso Lucas 16 para provar a doutrina que ele mesmo acredita), William Manson, Rev. Alfred Plummer, Sailer Mathews, Dr. William Smith, S. E. Mc Nair, Charles B. Ives, Sátilas Amaral Camargo, etc.”

Digo-lhe em resposta que leio alguns dos comentaristas bíblicos citados, mas não me vejo obrigado a segui-los. Não sou um autômato. Raciocino. Agora, quer saber porque os adventistas aceitam a doutrina do sono da alma e contestam, por isso, a narrativa de Jesus em Lucas 16.19-31? Leia: “A doutrina do sono da alma dos mortos resguarda contra a suposição de que as pessoas vão para o Céu ou o inferno quando morrem – uma crença que torna sem sentido o dia do juízo. Por que haveria Deus de julgar uma pessoa após já tê-la renetudi ai Céu ou ao inferno?” (História do Adventismo, p. 125)

Que me diz, Leandro, não é verdade o que diz a Bíblia sobre um abismo chama outro? (Salmos 42:7) – “Um abismo chama outro abismo…” Não é como v. s. citou usando Provérbios 4.18, mas sim como diz o versículo seguinte: (Provérbios 4:19) – “O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam.”

Anular uma verdade bíblica relatada por Jesus, para dar coerência com um ensino estapafúrdio do Juízo Investigativo? Isso é correto?

Natanael Rinaldi


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

13 Comentários

Comentários 1 - 13 de 13Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Será que isso desobrigaria tais apologistas de serem obedientes a Deus? Afinal, a obrigação moral de Natanael Rinaldi e de outros críticos é com o Criador e “Senhor do Sábado” (Is 58:13) ou com os adventistas?

    1. a IASD também é “apologista” ao seu próprio modo, pois ensina que “todas as denominações” são filhas da “Mulher Babilônica”, exceto eles (remanescente) tendo como “espirito profecia” a HGW. 
      a IASD é catalogada como heresia. e é debatida com argumentação forte. 

    2. JCP, seja como for, seremos seita, sendo assim! Que sejamos seitas, mas honrando e obedecendo o Criador do céu e da terra. Não obedecemos a homens e nem lhe damos créditos. Toda honra e toda glória somente ao Senhor Deus do sábado bíblico e não de homens.

    3. joão vítor, já que vcs não obedecem a homens nem lhes dão créditos, então porque vcs tem EGH como o espirito da profecia os escritos como iguais a bíblia. isso é faltar com a verdade, falacia e hipocrisia. 

  2. N aprovo isso dele esta falando das religios , religiao e uma questao de fe e entendimento .

    1. Sim, deveras cada Igreja interpreta a Bíblia como quer, mas nem por isso temos que aceitar, temos liberdade em Cristo para debater. Por exemplo, os TJ’s não fazem transfusão de sangue por recomendação médica, você iria concordar com essa doutrina? eu não!

  3. Vocês falam em línguas que não é o dom de línguas de Atos 2  e creem no arrebatamento secreto e nem por isso ficamos inventando estórias. Pregamos a Palavra! Quero ver sua argumentação sobre Atos 2, visto que conhece e entende de seite, como você próprio diz.

    1. 1 co 13:1

  4. Este espaço é muito pequeno para falar o que quero. Quem sabe o Sr. Liga para mim? Dizer que a Congregação Cristã é uma seita, que nós não podemos ler a bíblia, nós lemos a bíblia quando queremos. Isso é um assunto que gostaria de falar com o Sr.

  5. pr.natanael rinaldi,louvo a Deus pela sua vida,pelo seu cohecimento que Deus continue lhe abençoando e enssinando por esse Brasil.

  6. Louvo a Deus pela vida do pastor Natanael; que Deus lhe dê vida longa e que possas combater essas heresias devastadoras com a graça e sabedoria que Deus lhe deu!!!

  7. Obrigado Pr Reinaldo, excelente replica, não canso de ler suas publicações.

  8. Pr. Natanael. Homem de Deus. Combatente das seitas e heresias. Defensor da Palavra e da fé no Pai, no filho e no Espírito Santo. Recolhido hoje à glória de Deus. Tanto ensinou e combateu, como um anjo, em nome do Senhor. As mentes cegas e corrompidas agora ficam um pouco mais a vontade. R.I.P.

Comentários 1 - 13 de 13Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement