Esqueceu a senha?

Quem dorme na morte: o corpo ou a alma?

por Artigo compilado - sáb maio 02, 8:59 am

Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. I Ts 4.13

Ao entrar, lhes disse: Por que estais em alvoroço e chorais? A criança não está morta, mas dorme. Mc 5.39

Isto dizia e depois lhes acrescentou: Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou para despertá-lo. Disseram-lhe, pois, os discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. Jesus, porém, falara com respeito à morte de Lázaro; mas eles supunham que tivesse falado do repouso do sono. Então, Jesus lhes disse claramente: Lázaro morreu. Jo 11.11 – 14

Diversas vezes a Bíblia refere-se aos mortos como se estivessem dormindo. Isso quer dizer que a alma não fica consciente entre a morte e a ressurreição?

RESPOSTA

 As almas tanto dos crentes como dos que morrem como incrédulos ficam conscientes entre a morte e a ressurreição. Os incrédulos ficam em consciente aflição:

No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio.  Então, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! E manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Lc 16.23 – 24

onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga. Mc 9.48

Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. Mt 25.41

 E os crentes, numa consciente felicidade:

Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro igualmente, os males; agora, porém, aqui, ele está consolado; tu, em tormentos. Lc 16.25

O verbo “dormir” é uma referência ao corpo, não à alma. “Dormir” é uma apropriada figura de linguagem para expressar a morte do corpo, já que a morte é temporária até a ressurreição, quando o corpo será “despertado” desse sono.

As evidências de que a alma (espírito) fica consciente entre a morte e a ressurreição são muito fortes:

1. Enoque foi tomado para estar com Deus (Gn 5.24; Hb 11.5).

2. Davi falou da felicidade que há na presença de Deus depois da morte (SI 16.10-11).

3. Elias foi tomado ao céu (2 Rs 2.1).

4. Moisés e Elias estavam conscientes no Monte da Transfiguração (Mt 17.3).

5. Jesus disse que iria ao Pai no dia em que morreu (Lc 23.46).

6. Jesus prometeu ao ladrão que se arrependeu que este estaria consigo no paraíso naquele mesmo dia em que morreu (Lc 23.43).

7. Paulo disse que era muito melhor morrer e estar com Cristo (Fp 1.23).

8. Paulo afirmou que quando deixamos “o corpo”, então habitamos “com o Senhor” (2 Co 5.8).

9. O autor de Hebreus refere-se ao céu como sendo um lugar onde os “espíritos dos justos” são “aperfeiçoados” (Hb 12.23).

10. As “almas” dos mártires que morreram durante a tribulação estavam conscientes no céu, cantando e orando a Deus (Ap 6.9).

Fonte:

GEISLER, Normam – Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia.

Adaptação: Tarles Elias


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário