Esqueceu a senha?

Quem é Kacou Philippe?

por Pr. João Flávio Martinez - ter dez 21, 6:55 pm

Kacou Philippe (Abidjan, dezembro de 1972) é um pregador marfinense. Também autointitulado como único profeta divino de todas as religiões na terra! Assim conseguiu popularidade e milhares de seguidores da Costa do Marfim afora.

Tudo começou com uma visão que ele alega ter tido em 24 de abril de 1993. Diante de muita dúvida, ele vai até um sacerdote católico para pedir explicação de tal visão, como obteve pouco com o padre, ele ruma pra outro caminho, ficando entre os Batistas por três meses. Logo após essa experiência com os Batistas, ele se encontra com o movimento de William Marrion Branham, uma seita heterodoxa e contrária aos ensinos basilares do cristianismo. É com este movimento que ele permanece como um fiel simples de 1993 até 2002.

Em 13 de maio de 2016, Kacou Philippe foi preso em sua residência pelas autoridades da Costa do Marfim por desafiar a autoridade do Estado, incitamento ao ódio religioso e ao radicalismo criminoso. Ele é um tipo de religioso que procura transformar os mais humildes em marginais e inimigos da sociedade, em outras palavras, é um deturpador da ordem social e um inimigo dos valores cristãos ocidentais. Seus argumentos pueris só podem afetar mesmo as mentes mais fracas e pessoas sem estrutura teológica! Um bom frequentador da Escola Bíblica Dominical jamais cairia na conversa de uma pessoa dessa estirpe!

———-

O COMEÇO DO MINISTÉRIO

Kacou Philippe começou seus sermões públicos em julho de 2002, depois de uma segunda visita do “anjo”, anjo que tinha lhe aparecido em 1993. Ele afirma ser o profeta e mensageiro do clamor da meia-noite, de acordo com Mateus 25.6.

Para Kacou Philippe, todas as igrejas servem ao diabo em nome de Jesus Cristo. Ele relata várias outras visões tidas por ele em 1993, onde ele diz ter visto os líderes das igrejas em formas estranhas: “Seus corpos eram corpos de homens, mas suas cabeças eram cabeças de animais diferentes” . Em seguida, iniciava os primeiros debates e confrontos.

Refutação:

Primeiro, deve-se colocar a palavra de Deus acima de todas as outras supostas argumentações, inclusive das “angelicais” – vejamos:

Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo: se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Gálatas 1.8,9

E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. 2 Coríntios 11.14

Pena que o jovem “profeta” não se estribou na verdade, mas num anjo das trevas qualquer!

———-

O BATISMO DE ACORDO COM KACOU PHILIPPE

Para Kacou Philippe a História da Igreja é a História dos Batismos – inventado por ele:

A) O Batismo de João Batista, e é o batismo de arrependimento.

B) Então vem o batismo da remissão de pecados, com os apóstolos.

C) Na Reforma, vem o batismo de justificação pela fé com Martinho Lutero.

D) Depois vem o batismo do renascimento da Igreja.

E) Logo em seguida surge o batismo de adoção.

F) O batismo de santificação com John Wesley.

G) O batismo de regeneração com Pentecostalismo.

H) O batismo da restauração, com William Branham, o profeta da Igreja do Tabernáculo.

I) E finalmente o batismo de restituição, com Kacou Philippe. E ele diz que, fora isso, todos outros batismos são falsos, mesmo que seja feito em nome de Jesus Cristo ou em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo por imersão.

Refutação:

A respeito desses supostos batismos, não passam de meras especulações, pois a ordem para Batizar os discípulos que abraçariam a fé foi dada pelo próprio Senhor Jesus: “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”. (Mateus 28.19). A finalidade do Batismo era expressar o sentimento intrínseco de salvação de cada cristão. O Batismo sempre foi um símbolo ou um memorial e nada mais que isso!

Sobre o batismo em nome de Jesus, clique aqui.

———-

KACOU PHILIPPE E A BÍBLIA

Kacou Philippe vê a Bíblia como um mero espelho retrovisor de um carro ou um livro de história qualquer. Para ele, a Bíblia é um vestígio da pré-história cristã e judaica e não pode, de maneira alguma, dar vida eterna. Ele queima todas as versões da Bíblia que ele considera perigosas para a fé dos seus seguidores. Kacou Philippe redefine o que é a Palavra de Deus, fazendo a diferença entre a Palavra de Deus (verdades reveladas) e a teologia (o conhecimento adquirido por meio da inteligência). Ele redefiniu todo o cristianismo em um livro chamado “O Livro do Profeta Kacou Philippe”, publicado em três volumes na Edilivre Editions, na França.

Refutação:

Bem, só por isso, este profeta já pode ser classificado de FALSO PROFETA. Olhar para a Bíblia como um mero livro de história e não como a Palavra de Deus, já é um dos predicados mais fortes para precipitar qualquer indivíduo na condição de inimigo da Graça de Deus!

E eu, irmãos, apliquei essas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós, para que, em nós, aprendais a não ir além do que está escrito… 1 Coríntios 4.6

SOLA GRATIA é um dos CINCO SOLAS que a Igreja verdadeira de Jesus jamais poderia abandonar.  Somente a Palavra de Deus pode sustentar a Igreja e nada mais, pois: Nela nós encontramos alegria e prazer (Jeremias 15.16); Ela nos santifica (SaImos 119.11); Ela nos torna gratos de coração (Colossenses 3.16), purificados (Efésios 5.25-27); preparados (Efésios 6.17), esperançosos (Romanos 15.4) e aprovados (2Timóteo 2.15); Porque nela encontramos revelado o amor de Deus à humanidade (João 3.16); Ela testifica do único Salvador (João 5.39); Porque quem não a lê, erra (Mateus 22.29); Porque ela deve ser observada (Josué 1.7); Porque quem a lê se torna sábio para a salvação (2Timóteo 15); Porque orienta-nos a pedir as coisas somente a Deus (João 14.13); Porque ela nos mostra que o querer de Deus é a nossa salvação (1Timóteo 2.3-4); Porque ela permanece para sempre (1Pedro 1.23-25).

———-

KACOU PHILIPPE E O CRISTIANISMO

Ele redefine a divindade de Jesus Cristo, a confissão dos pecados que devem ser públicos, o lugar das mulheres na Igreja, o batismo da água, o Espírito Santo, o profeta, a relação entre a Igreja e estado e muitos outros aspectos do cristianismo. Sobre isso, ele se recusou a comparecer em uma reunião pra discutir o assunto no seu país.

Refutação:

Como todas essas questões já estão respondidas no site do CACP, segue aqui os links pra sua pesquisa:

Sobre o Batismo:

http://www.cacp.org.br/o-batismo-biblico/

Sobre o Espírito Santo:

http://www.cacp.org.br/quem-e-o-espirito-santo/

Sobre o perigo dos falsos profetas:

http://www.cacp.org.br/como-posso-reconhecer-um-falso-profeta/

Sobre a Divindade de Jesus:

http://www.cacp.org.br/a-divindade-de-jesus/

Sobre a Seita Tabernáculo da Fé:

http://www.cacp.org.br/o-tabernaculo-da-fe/

Sobre as mulheres na Bíblia:

http://www.cacp.org.br/a-biblia-limita-o-ministerio-das-mulheres/

————-

Fonte de pesquisa: https://pt.everybodywiki.com/Kacou_Philippe


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Eu digo que se rejeitardes Kacou Filipe não escapa reis, ireis ao inferno. Como é possível alguém dominar a mensagem inteira com a finalidade de apenas combatê-la? Isso é triste!

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement