Esqueceu a senha?

Quem é o autor da expressão Trindade?

por Artigo compilado - qui nov 28, 7:53 pm

Gostaria de saber quem é o autor da expressão Trindade, uma vez que esta expressão não consta na Bíblia?

Trindade é uma expressão de caráter teológico, conferida a Deus pelo teólogo Tertuliano, no final do século 2o.

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém” (2Co 13.14).

Devido à popularidade do assunto nos círculos estudantis e teológicos, e a abrangência de sua defesa bíblica, nos ateremos apenas ao seu aspecto histórico para que possamos conhecer a origem do termo. Alguns grupos sectários que zombam dos trinitarianos afirmam que a Trindade foi um conceito forjado (manipulado) por “homens”. Por exemplo: a Sociedade Torre de Vigia, organização das Testemunhas de Jeová, assevera que os primitivos cristãos não tinham consciência nem instruíam seus adeptos acerca da doutrina da Trindade. Querem afirmar, com isso, que a fé na doutrina da Trindade, advogada pelos cristãos, ocorreu por conta de uma heresia doutrinária por volta do século 3o. Se assim fosse, e se a Bíblia não comentasse nada sobre a Trindade, uma pergunta ficaria sem resposta: quem foi o “inventor” dessa doutrina?

Uma coisa é certa: não foi inventada por homens. A bem da verdade, se os cristãos quisessem minimizar o suposto “problema” que permeia a compreensão genuína dessa doutrina, seria muito mais fácil alterá-la, manipulá-la ou, então, não reconhecê-la como bíblica.

Antes de qualquer coisa, é necessário afirmar que a doutrina da Trindade não tem sua origem nas definições e escritos dos chamados “pais da igreja”. Ao contrário. Sempre esteve esposada nas Sagradas Escrituras. Conforme a obra Introdução à teologia sistemática, de Millard Erickson, “a doutrina ortodoxa da Trindade foi enunciada em uma série de debates e concílios, em grande parte, causada por movimentos tais como monarquianismo e arianismo. Foi no Concílio de Constantinopla (381 d.C.) que emergiu uma formulação definitiva em que a igreja explicitou as crenças que estavam implícitas. A concepção que prevaleceu foi basicamente a de Atanásio (293-373 d.C.), conforme elaborada e aperfeiçoada pelos teólogos capadócios: Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa“.

Analisando as informações históricas referentes ao assunto, podemos afirmar que o termo Trindade foi uma expressão de caráter teológico conferida a Deus por Tertuliano, no final do século 2º. Obviamente que recebeu esta designação porque seus ensinos se encontram em várias partes da Bíblia. Não necessitamos dos chamados “pais da igreja” para justificar a doutrina da Trindade, mas os documentos ou os escritos desses “pais” provam, sem deixar nenhuma sombra de dúvida, que a doutrina da Trindade era ensinada e difundida pelos cristãos da antiguidade.

——-

Por Gilson Barbosa do site do ICP em 28/11/2019

Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Na LXX o termo empregado para espírito santo é pneuma hagios, escrito com letras minúsculas, evidenciando portando que o espírito santo não é um deus, pois para substantivo próprio os gregos empregavam letras maiúsculas.(unciais)

  2. Os apóstolos não conceberam a idéia de uma hipóstase em três pessoas. O dogma da trindade é falacioso, pois não é biblicamente evidente e nem filosoficamente válido. Logo, o trinitarismo não passa de uma ficção apologética influenciada pelo neo platonismo e pelo monismo.

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement