Esqueceu a senha?

Santo na Igreja Católica, o que diz a Bíblia

por Prof. Paulo Cristiano da Silva - qui ago 08, 8:15 am

É bíblico o entendimento que a Igreja Católica possui sobre o termo santo? Quando a Igreja Católica denomina uma pessoa de santa, estaria ela usando o mesmo conceito que a Bíblia utiliza? Neste primeiro vídeo da série o professor Paulo Cristiano pretende demonstrar a diferença existente entre o conceito católico e o bíblico a respeito do termo “santo”.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Na Bíblia ironiza uma situação de idolatria, um certo homem pega lenha diversas, e faz seu telhado, móveis, acende a lareira e fogão … e com um pedaço escolhido faz um simulacro de madeira, e se ajoelha perante isto e diz ” – livra-me pois tu és o meu deus.” Isaias 44:13-17

  2. Li o livro do escritor católico F. Aquino que fala sobre intercessão dos santos e ele não esclarece como os “santos” tem capacidade para interceder pelos milhares que clamam a eles. Quanto à veneração, há ilações, confundindo honra com veneração, em outros casos há mesmo idolatria.

    1. a ICAR começou em 300 d.C com o Imperador Constantino de Roma, ele fez um sincretismo dos deuses romanos com figuras cristãs e saiu esse simulacro que perdura até hoje maquiado de “veneração” (honra), e já no ano 500 d.C o culto a maria já era campeão.

  3. “O que a bíblia diz”. Quem DIZ é DEUS, que é maior que a Bíblia. Quem DIZ é a IGREJA de Deus, que é anterior à Biblia. Por isso os protestantes só surgiram depois do século XV, pois a bíblia só existiu como a conhecemos, depois da imprensa. Como você acham que os Cristãos viviam?

    1. A Lei de Moises já guiava o povo antes da impressao da Bíblia. Os 10 mandamentos são claros para contrariar a atuacao dos Católicos

    2. sr. vulgo “constantino” nunca leste? “Porquanto a Lei foi dada por intermédio de Moisés; mas a graça e a verdade vieram através de Jesus Cristo.” João 1:17 Repara na conjunção subordinada adversativa “mas” faz um contraste oposto entre a Lei e a Graça, estamos na Graça e não Lei.

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement