- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Ser de direita é ser fascista?

Infelizmente, o pensamento (?) Brasileiro está todo nas mãos da esquerda, produzida em massa nas nossas universidades por professores de esquerda, jornalistas, burocratas e funcionários públicos, que engessam nossas cabeças com um suposto humanismo enobrecedor, justiceiro dos pobres (e veja a miséria que a esquerda produz ao nosso povo). Para quem duvida, tente escrever mais de três nomes de jornalistas ou professores que sejam de direita. Funcionário público, nem pensar.

Ser de direita, é ter plena consciência de que existem o certo e o errado, e não ficar apelando a relativismos malucos de que julgamentos morais devem depender da situação, de tempo e local;(ex: roubar é errado, não importa se é um pedaço de pão ou milhões de dólares)

Ser de direita é saber que invadir propriedades, depredar patrimônio e  agredir opositores é irracional e criminoso;

Ser de direita é saber que a meritocracia é a única maneira de ajudar as pessoas a crescer e melhorar na existencialidade social. É dar valor ao ser-humano, mostrando a ele que com o trabalho se edifica uma Nação melhor. Já com um estado interventor e manipulador, se cria a miséria e a corrupção.

Ser de direita é pautar sua vida no princípio de liberdade com responsabilidade individual, e não acreditar no materialismo dialético dos socialistas que vêem todas as ações humanas como simples produtos condicionados pelo meio material em torno.

Ser direita hoje é se indignar vendo que essa gente recebe pensões com nossos impostos, não apesar das atividades subversivas e criminosas, mas exatamente por causa das mesmas, como um prêmio por vadiagem e incitamento;

Ser de direita é reconhecer que para lidar com o terrorismo o caminho é leis rígidas e firmes.

[1] [2]Compartilhar [3]