Esqueceu a senha?

TJs, Igreja e Evangelho

por Pr. Natanael Rinaldi - qui out 23, 5:23 pm

TJ 18jehovah_t607

A verdadeira igreja é composta de 144 mil escolhidos da terra por Jesus Cristo. Aqueles que não pertencem ‘a igreja’, mas seguem os princípios estabelecidos pela Sociedade Torre de Vigia são denominados “a grande multidão”. Eles seguem as diretrizes traçadas pelos 144 mil em pregar as boas novas ou o Evangelho do Reino.

“É somente lógico que haja uma só religião verdadeira. Isto se harmoniza com o fato de que o verdadeiro Deus é um Deus não de desordem, mas de paz… Quem, então, são os que formam o corpo de verdadeiros adoradores? Não hesitamos em dizer que são as Testemunhas de Jeová…” (Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, p.190).

O que a Bíblia diz acerca da verdadeira igreja:

1) Só existe uma igreja verdadeira

  1. a) Todos os crentes têm sido batizados em um só corpo (1Co. 12.13-20);
  2. b) Os crentes são um corpo, embora sejam eles muitos em número e diversidade (Rm. 12.4-8).
  3. c) Embora seja difícil entender como todos os crentes constituem o mesmo corpo e seguem o mesmo Evangelho (Ef. 3.5-7);
  4. d) Todos os crentes estão unidos de maneira especial (Ef. 2.10-22);
  5. e) Todos os crentes formam uma família em Jesus (Gl. 3.26-29);
  6. f) Todos os crentes são espiritualmente um (Jo. 17.11-13);
  7. g) Todos os crentes são designados por Deus para formarem um só corpo (Cl. 3.15).

        2) Só existe uma mensagem no Evangelho:

  1. a) Só existe uma mensagem do Evangelho que salva os homens (1Co. 15.14);
  2. b) Só existe uma mensagem do Evangelho, mas ela é frequentemente distorcida (2Co. 11.3-4);
  3. c) Qualquer doutrina que modifique a mensagem do evangelho é falsa (Gl. 1.8).

        3) A ‘testemunha verdadeira’ são as Testemunhas de Jesus:

  1. a) Elas praticam amplamente o testemunho de Jesus (At. 1.8);
  2. b) Sua mensagem inclui salvação no nome de Jesus (At. 4.12);
  3. c) Sua mensagem inclui a confissão de Jesus diante dos homens (Lc. 12.8-9);

d) Sua fé inclui a experiência de Jesus em seu meio (Mt. 18.20).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement