Esqueceu a senha?

TJs: Pode Deus ser mais do que uma pessoa?

por Pr. Natanael Rinaldi - sex ago 11, 9:28 am

De novo, a Tradução do Novo Mundo nos dará a resposta à pergunta:

Gênesis 1.26: “E Deus prosseguiu, dizendo: Façamos (o) homem à nossa imagem, segundo a nossa semelhança, e tenham eles em sujeição os peixes do mar, e as criaturas voadoras dos céus, e os animais domésticos, e toda a terra, e todo animal movente que se move sobre a terra”.

Aqui, no primeiro capítulo da Bíblia, vemos o fato de que Deus é mais do que uma pessoa. Desde que João 1.3 e Colossenses 1.15-17 declaram abertamente que tudo foi criado por Deus, então Jesus estava incluído nessa conversação de Gênesis 1.26. O “façamos o homem…” não está limitado ao Pai e ao Filho, pois em Gênesis 1.2 temos o Espírito Santo presente na criação.

É interessante observar que a palavra aqui usada, e costumeiramente usada em hebraico para Deus é ELOHIM. As palavras hebraicas terminadas em “im” indicam pluralidade. Exemplo, shamaim (céus).

No livro da Sociedade “Unidos na Adoração do Único Deus Verdadeiro” página 17, lemos:

(4) Os trinitários argumentam, também, que em Gênesis 1:1,26 a palavra hebraica traduzida por “Deus’ é Elohim e que ela é o plural em hebraico e, realmente, significa “deuses”. Por que não dá isso apoio ao ensino de três Pessoas divinas em “um só Deus”. Se indicasse uma “Trindade” em Gênesis 1:1, então, o que indicaria em Juizes 16:23, que usa elohim para “deus”, com o verbo hebraico no singular, não no plural?

Por que se usa a forma plural de Deus nestes textos, em hebraico? Esta é uma maneira em que o hebraico transmite a ideia de excelência ou majestade. Quando se refere a mais de uma pessoa, os verbos acompanhantes também estão no plural, mas nos casos acima citados não estão.

Contrariando o próprio ensino da Sociedade, lemos:

Jeová disse, em Gênesis 1:26: “Façamos o homem à nossa imagem”. As Escrituras levam à conclusão de que Deus estava ali falando ao seu Filho unigênito, que mais tarde veio à terra como Jesus. Este, a Palavra ou o Verbo, era o mestre-de-obras de Deus, por meio de quem foram feitas todas as outras coisas (João 1:1).

Gênesis 3:33 sugere que outros no céu, além de Jeová, possuem algum conhecimento especial do que é bom do que é mau. É assim?

Então, que dizer da declaração de Deus: Eis que o homem se tem tornado com um de nós, sabendo o que é bom e o que é mau?

Alguns pensavam que Deus usava ali o plural de majestade como quando um rei humano talvez diga: “Não nos agrada” referindo-se apenas a si mesmo. No entanto, há outra possibilidade, que parece ter forte apoio bíblico.

A Sentinela, 1 de setembro de 1979, p. 32.

Com relação a Gênesis 11:6,7, lemos:

Disse Jeová: “Eis que o povo é um só, e todos eles têm uma só linguagem. Isto é o que começam a fazer: agora nada lhes será vedado de quanto intentam fazer. Vinde, desçamos [Jeová e seu Filho unigênito, o Verbo] e confundamos ali a sua linguagem, para que não entendam a linguagem um do outro”.

Que Tem Feito a Religião pela Humanidade? p. 84.

Mesmo diante da contradição da Sociedade Torre de Vigia, que uma hora fala de ‘plural de majestade’ e logo depois fala em ‘pluralidade de pessoas’ com relação a Gênesis 1.26; 3.22 e 11.6-7, não encontramos na Bíblia apoio para afirmar que os reis e dignatários falavam no plural:

Gênesis 41.44: “E Faraó disse mais a José: ’Eu sou Faraó…’ não disse usando plural de majestade “nós somos Faraó”.

Esdras 1.2: “Assim disse Ciro, rei da Pérsia: ‘Jeová, o Deus dos céus…’ não disse “assim dizemos Ciro, rei da Pérsia…”

Esdras 7.13: “Dei ordem para que todo aquele que no meu domínio real for do povo de Israel…” não disse “demos ordem para que todo aquele…”

Pode Mais de Uma Pessoa Ser Um Só Deus?

Parece estranho aos jeovistas aceitar a existência de um só Deus em três Pessoas. Entretanto, há dois vocábulos hebraicos parecidos que significam unidade: YACHID e ECHAD. Enquanto YACHID significa unidade absoluta, ECHAD significa unidade composta.

Deuteronômio 6.4: SCHEMA, ISRAEL: ADONAI ELOHENU ADONAI ECHAD”. É empregado o vocábulo ECHAD, que significa unidade composta e não unidade absoluta. A última palavra hebraica da Shema é ECHAD, um substantivo coletivo.

Outros exemplos do emprego do vocábulo ECHAD:

Gênesis 2.24 : “Por isso é que o homem deixará seu pai e sua mãe, e tem de se apegar à sua esposa, e eles tem de tornar-se uma só carne”.

Números 13.23: “Passaram a cortar dali um rebento com um só cacho de uvas”.

Esdras 2.64: “A congregação inteira, como um só grupo, foi de quarenta e dois mil trezentos e sessenta”.

Jeremias 32.38-39: ”E eles hão de tornar-se meu povo, e eu mesmo me tornarei seu Deus e vou dar-lhes um só coração e um só caminho.

A outra palavra hebraica que significa unidade absoluta é YACHID e aparece em Gênesis 22.2; Provérbios 4.3; Jeremias 6.26; Amós 8.10.

Voltando a  Gênesis 2.24 lemos: “Uma só carne”. Poderia ser melhor entendido se Deus dissesse ‘um só espírito’. Essa coisa incrível, embora o homem não consiga entender, ninguém questiona porque partiu de Deus. Ninguém nunca pensou, desde a Idade das Trevas, em fabricar uma estátua de Adão e Eva representada por um corpo com duas cabeças. Entretanto, quando se fala da unidade de Deus, os homens fabricaram uma estátua com três cabeças em um corpo. As Testemunhas de Jeová e outros grupos unitarianos rejeitam a verdade central das Escrituras concernente à Deidade de Cristo, que em essência (ou natureza, João 10.30) é igual ao Pai (João 5.18) e um só Deus.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement