Esqueceu a senha?

TJs: Um evento que você não deve perder

por Pr. Natanael Rinaldi - sáb maio 21, 12:46 pm

 tj551a28509665b2cdf00a70f918d27081

“JESUS tomou um pão, e, depois de proferir uma bênção, partiu-o, e, dando-o aos discípulos, disse: “Tomai, comei. Isto significa o meu corpo”. Tomou também um copo, e, tendo dado graças, deu-lho, dizendo: “Bebei dele, todos vós; pois isto significa meu ‘sangue do pacto’, que há de ser derramado em beneficio de muitos, para o perdão de pecados”. (Mateus 26.26-28).

Com estas palavras, JESUS instituiu a sua Santa Ceia (ou, como dizem as Testemunhas de Jeová, “refeição noturna do Senhor”), que seria um memorial de sua morte, enfatizando que por meio dela Ele nos livraria do poder do pecado e da morte. Ainda hoje, este costume persiste entre os verdadeiros seguidores de JESUS, que se reúnem a fim de lembrarem de sua morte sacrificial no madeiro. E todos os que foram lavados e remidos pelo precioso sangue de JESUS, nessa ocasião memorável, comem e bebem em sinal de sua obediência ao Mestre, conforme as palavras de JESUS em Mateus 26.26-28.

Contudo, lamentamos a atitude de algumas pessoas, que mesmo lembrando da morte de JESUS, não levam a sério as suas palavras: Tomai, comei e bebei, todos vós”. Quem são essas pessoas? Lamentamos informar, mas são as chamadas “Testemunhas de Jeová” (TJs). É provável que você tenha sido convidado(a) por elas para assistir a celebração anual que realizam da morte de JESUS. Entretanto, mesmo que você se torne uma delas, jamais poderá comer do pão e beber do vinho (elementos que simbolizam o corpo e o sangue de JESUS, respectivamente). Em 1995, a assistência mundial à Refeição Noturna do Senhor foi de 13.147.201 pessoas. Todavia, apenas um reduzido número de 8.645 pessoas participou comendo do pão e bebendo do vinho. Mas, por que alguns participam e outros não? A resposta é a seguinte: As TJs devem obedecer, sem questionar jamais, as ordens do Corpo Governante (um grupo formado por 11 homens que vivem nos EUA). O Corpo Governante, além de controlar todas as TJs, também as dividiu em dois grupos, a saber: os 144 mil (que viverão no céu) e a Grande Multidão (que viverá aqui na terra). Somente os que fazem parte dos 144 mil podem comer do pão e beber do vinho. Os que fazem parte da Grande Multidão são chamados de “observadores”. Você, e muitas TJs, são convidados para “um evento que não devem perder” mas, por fim, perdem justamente a oportunidade de obedecer a ordem de JESUS, que disse: “Eu sou o pão da vida. Este é o pão que desceu do céu, para que qualquer um possa comer e não morrer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e, de fato, o pão que eu hei de dar é a minha carne a favor da vida do mundo. Quem come de minha carne e bebe meu sangue permanece em união comigo e eu em união com ele” (João 6.48-51,55).

Perguntamos: Por que a maioria das TJ se mostra tão solícita em acatar os princípios ordenados por seus superiores e, ao contrário, tão desobedientes ao mandamento de JESUS sobre essa observância? A quem as TJs seguem: a JESUS ou a onze homens? A quem devemos seguir?

Além do mais, veja o testemunho do apóstolo Paulo: “Pois, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este copo, estais proclamando a morte do Senhor, até que ele chegue..” (1Coríntios 11.26). Ora, se não comermos e não bebermos, estaremos de fato proclamando a morte do Senhor JESUS? Pense nisso!

Enquanto o Corpo Governante das TJs ensina que somente 144 mil vão para o céu, JESUS disse outra coisa bem diferente: Na casa de meu Pai há muitas [e não apenas 144 mil] moradas” (João 14.2).

Ainda segundo o Corpo Governante, apenas os 144 mil são os “filhos de Deus”; ao passo que as pessoas que compõem a Grande Multidão são os “netos” dEle, uma vez que JEOVÁ será o seu Avô (A Sentinela, 1 de agosto de 1995, p. 13). Todavia, está escrito na Bíblia: A tantos quantos o receberam [isto é, a JESUS], a estes deu autoridade para se tornarem filhos [e jamais “netos”] de Deus” (João 1.12).

Vale a pena ressaltar, que independentemente do número 144 mil ser literal ou simbólico, a interpretação que o Corpo Governante faz da passagem de Apocalipse 7.4-9, dizendo que os 144 mil vão para o céu, e a Grande Multidão viverá aqui na terra, não é válida pela simples razão, a saber: segundo o Apocalipse, a Grande Multidão está “diante do trono” de Deus, ou seja, no céu (Ap. 11.19 e 14.17); assim como a Bíblia também diz que estáo “diante do trono” os anjos e os 144 mil (confira Apocalipse 7.11 e 14.1-3). Ora, se os anjos estão “diante do trono” (no céu); se os 144 mil estão “diante do trono” (no céu), por que a Grande Multidão, que também está “diante do trono”, deverá estar aqui na terra?

Assim, prezado(a) amigo(a), não se deixe enganar. Leia a Bíblia! Somente ela poderá fazê-lo sábio para a salvação, por meio da fé em JESUS (2Timóteo 3.15-17). Descubra por meio da Bíblia que Deus não tem “netos”, mas somente filhos. E, como filhos, precisamos obedecer a ordem do Mestre: Tomai, comei e bebei, todos vós”. E para se tornar um dos “filhos de Deus”, é preciso receber a JESUS, como o seu Senhor e Salvador. Este é, sem dúvida, UM EVENTO QUE VOCÊ NÃO DEVE PERDER!


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement