Esqueceu a senha?

Casar-se com um crente garante salvação?

por Artigo compilado - qua dez 30, 11:57 am

casamento-2

Um não-crente pode ser salvo casando-se com um crente?

Na sua Primeira Epístola aos Coríntios, Paulo diz: “Porque o marido descrente é santificado pela mulher, e a mulher descrente é santificada pelo marido” (1Coríntios 7.14). Isso significa que não-crentes podem ser salvos pela virtude de serem casados com crentes?

Primeiro, se não-crentes pudessem ser salvos pelo casamento, haveria pelo menos duas formas de ser salvo: uma pela graça de Deus por meio da fé em Jesus Cristo; a outra, pelo casamento com uma pessoa crente. Não somente isso, mas os não-crentes seriam obrigados a entrar no Reino de Cristo, contra a vontade deles.

Além disso, ser santificado não é o mesmo que ser salvo. No contexto, ser santificado significa ser separado. Desta forma, o não-crente é santificado por causa do casamento, não da salvação. Em outras palavras, o crente não é corrompido pela morte espiritual do não-crente. Ao contrário, o não-crente fica sob influência especial do Espírito Santo.

Ser santificado não é o mesmo que ser salvo.

Finalmente, no mesmo contexto, Paulo faz distinção entre ser santificado e ser salvo ao escrever: “Porque, donde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido? Ou, donde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher?” (1Coríntios 7.16). Assim, santificação não é sinônimo de salvação.

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14.6).

Pr. Hank Hanegraaff


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement