Esqueceu a senha?

Um ou quatro evangelhos?

por Prof. Paulo Cristiano da Silva - sáb set 14, 12:34 am

“O Evangelho” ou “Os Evangelhos”? Como devemos denominar? Parece que o termo apresenta a mesma aparente dificuldade como aconteceu com a expressão “Escritura” ou “Escrituras”.  No princípio era termo geral, significando simplesmente escritos. Mais tarde deu-se a designação mais precisa de “A Escritura” ou “As Escrituras” distinguindo os escritos sagrados dos judeus. O apóstolo Pedro classifica alguns textos do apóstolo Paulo como “Escritura”. Paulo quando escreveu a Timóteo, (5.18) cita o evangelho de Lucas (10.7) e o livro de Deuteronômio (25.4), conferindo a mesma autoridade escriturística a ambos.

Com respeito aos evangelhos Carson, elucida a questão ao dizer que “Nenhum dos quatro relatos sobre o ministério de Jesus recebe no Novo Testamento o nome de Evangelho […] Talvez perto do fim do século I ou inicio do século II acrescentaram-se títulos aos relatos oficiais da igreja sobre o ministério de Jesus. Foi certamente aí que se empregou ‘evangelho’ pela primeira vez para designar uma obra literária. […] não o evangelho por Marcos, mas o [único] evangelho, segundo [a versão de] Marcos…”

Parece que o uso que Marcos faz desta palavra já no início de sua obra (cap.1.v.1) serviu para consagrar o termo como obra literária.

Justino, o mártir (133 d.C) foi o primeiro a empregar o termo “evangelho”  para designar os relatos canônicos do ministério de Jesus

F.F Bruce comentando sobre os evangelhos dá o parecer de que “…Já em data bem remota vieram os quatro evangelhos a constituir uma unidade integrada” e que Esta coleção de quatro documentos era originalmente conhecida como “O Evangelho”, no singular, não “Os Evangelhos”, no plural; havia apenas um evangelho apresentado em quatro narrativas […] Por volta de 115 A.D., Inácio, bispo de Antioquia, se refere a “o Evangelho” como escrito revestido de autoridade e, visto que conhecia mais de um dos quatro ‘Evangelhos’, é provável que o título designe a coleção assim chamada, então.”

“Dá-se geralmente o nome de “Quatro Evangelhos” aos primeiros livros do Novo Testamento. Antes do século IV, todavia, a coleção era designada apenas pelo nome de “O Evangelho”, distinguindo-se as diferentes formas por “segundo Mateus”, “segundo Marcos”, etc.”

Portanto, as expressões “Evangelho de Mateus”, “Evangelho de Marcos”, “Evangelho de Lucas”, são apenas nomenclaturas externas provenientes do segundo século. Na verdade, como já vimos, há um só evangelho apresentado em quatro formas como bem atesta Agostinho em seu “Sermão sobre a ressurreição de Cristo, segundo São Marcos”:

A ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo lê-se estes dias, como é costume, segundo cada um dos livros do santo Evangelho (Agostinho)


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. evangelho de Mateus – Jesus é o Messias de Israel
    evangelho de Lucas – Jesus é o Homem
    evangelho de Marcos – Jesus é o Servo
    evangelho de João – Jesus é Deus

  2. são 4 Evangelhos que falam a respeito de Jesus:O de Mateus foi escrito para os Judeus,O de Marcos foi escrito para os Romanos,O de Lucas foi escrito para os Gregos e o de João foi escrito para toda a Igreja Cristã.mais a mensagem é a mesma a Salvação por meio de Jesus.

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement