Esqueceu a senha?

Voltar ao ventre da mãe

por Pr. Eguinaldo Helio de Souza - ter set 04, 1:08 pm

“Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor deu, e o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor”. Jó 1.21
Essa é uma passagem usada por alguns reencarnacionistas para advogar alguma base bíblica para a reencarnação. Mostraremos a seguir como é pueril essa cosmovisão e desfocada da uma contextualização hermenêutica.

A argumentação espírita não se sustenta por alguns motivos:

1)– Não se sustenta pela própria dogmática kardecista, pois de acordo com os reencarnacionistas raramente alguém retornaria ao ventre da sua própria mãe. Seria, caso isso ocorresse, uma exceção raríssima dentro do próprio ensino kardecista.

2)– Os escritores do Antigo Testamento quando referiam-se à ventre estavam falando do sepulcro onde seriam enterrados. Gênesis 3.19 mostra que os hebreus criam que o homem veio do pó da terra quando foi criado por Deus, e ao pó (terra) voltará ao morrer. A compreensão de ventre como “a terra” é vista, por exemplo, no Salmo 139.13-15:“Pois tu formaste os meus rins; entreteceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado, e esmeradamente tecido nas profundezas da terra”. 

3)– A confirmação de que o escritor de Jó também usou a linguagem figurada do ventre deste modo, pode ser achada em Jó 38.8,29:“Ou quem encerrou com portas o mar, quando este rompeu e saiu da madre… Do ventre de quem saiu o gelo? E quem gerou a geada do céu?”

Conclusão

Assim, essa passagem não corrobora de modo nenhum com a visão kardecista. O escritor do Antigo Testamento diria que somos criados dos elementos da terra pelas mãos de Deus, viemos nus a esse mundo e de mãos vazias, e voltaremos à terra através da decomposição corporal – e ponto.

Fonte: Reencarnação ou Ressurreição – Snyder – Ed. Vida Nova


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. A compreensão de ventre como terra remonta os antigos celtas da alta idade média na região da grã bretanha. Os Druidas, pagãos, consideravam a terra com Deus, mas no sentido feminino, chamando-a de Deusa. Sendo assim, filhos dela, saiam do seu ventre que seria a própria terra. 

  2. Senhor coordenador.
    Por que limitar comentários em 300 caracteres se já existe um com 692 caracteres? Será que está havendo dois pesos e duas medidas?
    Abraços. Frazão

    1. Frazão, não sou o moderador do site, mas a limitação de 300 caracteres foi feita muito depois dos 692 citados, devido a excessos de certos internautas. Aos comentáristas é recomendado escrever algumas linhas, e não um livro ou carta aberta. rsrs. Não houve dois pesos e duas medidas. 

  3. Quem está em dificuldades neste momento é o real Allan Kardec lá no caldeirão do hell. Como ele ousou interpretar a Bíblia “à luz de espiritos”?? como saber se falam a verdade ? são invisiveis! interpretar a Biblia é uma faca de dois gumes para o espiritismo, pois a mesma não vos apoia.

  4. Jcp. Como se pode contestar algo só com 300 caracteres? Veja que só para dar uma pequena explicação como essa, você usou 283.
    Esse espaço só dá para dizer malcriação, pois, dependendo do bajulador, não dá nem para um elogio.
    Veja; só até “elogio” foram 223.

    1. Pois é, eu também já reclamei para voltar ao normal, mas graças a Deus, quem manda no site é o CACP, seja a vontade do CACP e não a nossa. rsrs.

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement